Busca na UnAN:
  • Tudo
destaques
V Encontro Técnico-Científico conta com palestras no último dia
Docentes de Universidades do Brasil e da Argentina apresentaram pesquisas na Unesp Bauru
Nathane Agostini - ACI/FAAC - UNESP
01/06/2017

O último dia do V Encontro Técnico-Científico "Acessibilidade e Inclusão no Ensino Superior", ocorrido na sexta-feira (26/05) contou, na parte da manhã, com palestras da coordenadora da pesquisa em rede “Acessibilidade no Ensino Superior”, Profª Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins (PPGE-FFC/Marília), da vice-coordenadora Profª Lúcia Pereira Leite (PPGPE-FC/Bauru) e dos pesquisadores Profª Ana Paula de Oliveira Santana (UFSC), Profª Rosemeire Orlando (UFSCAR) e o Prof. Julio Enrique Putallaz.


As docentes Martins e Leite tiveram como tema de sua palestra “Identificação de Universitários - PPE: desafios atuais da Unesp”. Afirmaram que ainda não conseguiu-se que a educação seja um bem comum a todos, mas apontaram a “Lei brasileira de inclusão” como uma conquista em termos de legislação.


Segundo as professoras, a maioria das matrículas desse público é feita nas universidades privadas (58,5%), mas proporcionalmente ao número geral de inscrições, é maior em universidades públicas.


Quanto ao estudo já feito na Unesp, apontam o uso de um formulário, aplicado apenas na graduação, explicando cada uma das especificidades, pois, anteriormente, muitas pessoas assinalavam uma das opções sem ter qualquer necessidade especial, apenas porque não entendiam corretamente o questionário. Como resultado, perceberam a necessidade de se pensar melhorias para a identificação desse público, uma vez que a autodeclaração não é suficiente.


Já a Profª Santana, explanou sobre sua pesquisa “Acessibilidade e permanência na UFSC”, articulada sobre a questão “de que forma a inclusão tem ocorrido na universidade?”. O estudo tem como objetivo identificar o público da educação inclusiva com dificuldades auditivas na universidade. Para isso, entrevistaram servidores, docentes e discentes e realizaram o mapeamento de alunos público da educação especial.


Segundo a pesquisadora, nas entrevistas, alunos e professores queixaram-se de problemas arquitetônicos, comunicacionais e atitudinais. Os discentes reclamam de falta de preparo dos professores, que, por sua vez, reclamam da falta de orientação.


A Profª Orlando, por sua vez, falou sobre o processo histórico das disciplinas de libras e a forte resistência apresentada pelas instituições. Em uma iniciação científica, mapeou e identificou estudantes público alvo da educação especial na UFSCAR, o que apontou a fragilidade do sistema utilizado pela universidade.


Afirmou que há ainda muita recusa dos sujeitos da voz em se identificarem, assim como resistência na organização da universidade no que diz respeito à educação especial e perspectiva inclusiva.


Por fim, Putallaz, coordenador executivo do programa de acessibilidade da Universidade Nacional do Nordeste (UNNE) da Argentina, falou sobre “O papel das Redes Inter universitárias na promoção de culturas e práticas inclusivas nas Universidades Argentinas e da Região Sul”. Explicou a criação da ‘Comissão Inter - universitária deficiência e direitos humanos’ da Argentina, ocorrida em 1994, como um espaço plural, inter e transdisciplinar e participativo do sistema universitário nacional.


Segundo ele, esta comissão deu início aos debates sobre a deficiência no âmbito universitário. Hoje já está presente em 42 instituições, totalizando 80% do sistema de universidades da Argentina, e cobre todo o território do país.


Na UNNE, as práticas inclusivas já realizadas incluem a produção de materiais inclusivos, realização de intervenções pela cidade,  aulas vivenciais e desenho participativo. Para Putallaz, as universidades públicas na Argentina ainda tem o desafio futuro (2017-2019) de aprofundar “o modelo social da deficiência, procurando a formação de novos perfis profissionais”.


Atendimento Online UnAN
jornalista
Nosso Atendimento Online é um sistema que está pronto para ajudá-lo com suas demandas. Acesse agora e conte com nossa parceria!
unan@unesp.br
(+55 11) 5627-0327
produtos

Guia de Profissoes UnespVestibular UnespClipping UnespTV UnespRádio Unesp
ACI - Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp
Rua Quirino de Andrade, 215 - 4o andar
Centro - São Paulo - SP - 01049-010
(+55 11) 5627-0327
unan@unesp.br UnAN - Acesse também por Smarthphone e Tablet
Facebook Unesp ReitoriaTwitter Unesp ReitoriaInstagram Unesp Reitoria